Gatos, Mitos e Folclores

foto: giane portal / fofurasfelinas

Selecionei para publicação alguns mitos e folclores com características positivas a respeito dos gatos.

:: No Egito Antigo, onde se venerava a Deusa Gata Bast, associada a fecundidade e benfeitora e protetora do homem, matar um gato era crime punido com a morte. Foram encontradas muitas múmias de gatos com camundongos embalsamados ao lado, para alimentá-los na Grande Viagem. Quando o gato de uma família morria, todos os membros dessa família raspavam as sobrancelhas em sinal de luto. A palavra egípcia para gato é mau, que também significa ver. Para saber mais sobre gatos e o Egito, clique aqui.

foto: giane portal / fofurasfelinas

:: Na Europa, acreditava-se que um gato com a pata por trás da orelha ou bocejando era sinal de chuva e que um gato ronronando significava bom tempo. Também no Camboja os gatos trazem a chuva, existindo mesmo um antigo ritual em que um gato é levado de aldeia em aldeia e aspergido com água.

:: Na China, atribuía-se aos gatos o poder de se vingarem dos seus assassinos. Os chineses também atribuíam aos gatos o poder de prever o tempo. O gato que piscava anunciava chuva.

:: Na Tailândia, onde acreditava-se que as almas das pessoas muito evoluídas migravam para o corpo de um gato e depois subia aos céus, havia um ritual em que um gato era enterrado vivo junto com o morto. No túmulo havia um buraco para que o animal saísse, e assim os monges sabiam que a alma já havia penetrado em seu corpo.

:: Na Índia o gato era símbolo dos nascimentos.

foto: giane portal / fofurasfelinas

:: Nos tempos antigos acreditava-se que as bruxas tomavam a forma de seus gatos durante a noite.

:: Os celtas acreditavam que os gatos conviviam com os elementais, fazendo um elo entre o mundo invisível e o nosso. Através dos olhos felinos, como janelas, os homens conheciam o mundo mágico. Do outro lado, os elementais saberiam de nós da mesma forma.

foto: giane portal / fofurasfelinas

:: Uma lenda russa fala de um gato sábio que passava seu tempo aninhado no alto de um pilar de ouro, cantando baladas e contando histórias para o povo que se reunia em volta dele.

:: A tribo Jakur, da Malásia, venerava os bichanos. Acreditavam que um gato os guiaria, depois da morte, numa viagem através das terras infernais, rumo ao paraíso. O gato tornaria a caminhada suportável para as pobres almas, usando seu poderoso spray para refrescar o inferno.

:: Na Pérsia se acreditava que um espírito irmão, o Hemzad, nascia ao mesmo tempo que cada homem, destinado a lhe fazer companhia pela vida afora. Os Hemzad adotavam a forma de um gato preto para vir ao mundo.

:: Maomé amava tanto sua gata Muezza que não gostava de se separar dela; assim ela dormia nas mangas largas de sua túnica. Em certa ocasião, Maomé estava precisando vestir-se para sair, e encontrou a gata dormindo tranqüilamente sobre a manga de sua túnica. Maomé preferiu então cortar a manga da túnica a acordar a gata.

foto: giane portal / fofurasfelinas

:: Na tradição muçulmana o gato é dotado de baraka, a chama sagrada do espírito.

:: Na Escócia e na Irlanda se acredita que as gatas calico [laranja, branco e preto] ou escama de tartaruga [preto ou cinza com amarelo ou laranja] trazem extrema boa sorte a seus lares. Ainda na Escócia, acredita-se que encontrar gatinhos pretos sentados na entrada de suas casas é um sinal de riquezas e felicidade vindouras.

:: Nas lendas nórdicas, aparece a deusa do Freya, cuja carruagem era puxada por dois gatos brancos, Bygul (cabeça de ouro) e Trjegul (árvore do âmbar dourado) que representavam as qualidades da deusa, a fecundidade e a ferocidade.  Após servirem a Deusa por 7 anos, eles foram recompensados sendo transformados em bruxas, disfarçadas em gatos pretos. Os templos pagãos eram freqüentemente adornados com imagens de gatos.

:: Na Finlândia, havia a crença em um trenó puxado por gatos que levava as almas dos mortos.

:: Quando o monstro Typhon decidiu usurpar o lugar de Zeus, vários deuses gregos fugiram para o Egito. Entre eles Ártemis, que tomou forma de uma gata. Interessante mito para explicar o sincretismo entre o panteão grego e o egípcio.

:: No Japão e na Inglaterra, os gatos pretos são associados com boa sorte. Superstições de boa sorte incluem: possuir um gato preto, que um gato preto o cumprimente em uma porta, que um gato preto entre em sua casa, encontrar três gatos pretos em sequência, tocar um gato preto.

:: No Japão, um gato com a pata levantada é um dos símbolos da boa sorte, conhecido por Maneki-Neko. Saiba mais sobre Maneki Nekos clicando aqui.

foto: giane portal / fofurasfelinas

Referências:

http://tsaraciganopablo.blogspot.com/2010/06/freya-deusa-da-fertilidade-e-dos-gatos.html
http://valkyriefreya.blogspot.com/2008/05/sobre-gatos-e-fatos.html
http://santapelucia.cjb.net/
http://www.theoi.com/Olympios/ArtemisMyths.html
http://www.csicop.org/superstition/library/black_cats/
http://www.best-cat-art.com/black-cats.html

Anúncios

3 comentários sobre “Gatos, Mitos e Folclores

  1. De fato os bichos sempre são os guardiães do dono! Quando os bichos choram: gato, cachorro, galo que canta fora de hora ou meio canto anuncia algo triste, alguem vai ficar doente, vai embora, negocio mal feito, perdas, prejuizos! Por isso é bom sempre manter a casa em ordem e não esquecer de cuidar daqueles que cuidam de nós!aconteceu que um dia eu estava com temor pensamentos ruins, veio um passaro num galho e começou a cantar ele olha para mim e eu magnetizado olhava para ele e a angustia foi embora! Até os peixes no aquario energizam o ambiente, mas dá revs quando algum esqueceu de continuar vivo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s