Deixe um Felino entrar em sua Vida – Parte 2

Os Gatos e o Mundo Astral

Os gatos possuem uma conexão com o mundo mágico, invisível. Já no antigo Egito os gatos desempenhavam um papel especial na vida das pessoas, e assassinar um gato era crime punido com a morte. Quando o gato de uma família morria, todos os membros dessa família raspavam as sobrancelhas em sinal de luto.

Os gatos eram tão adorados pelos egípcios que uma de suas mais importantes deidades era uma gata –Bast. Ela é associada à música, dança, alegria e aos prazeres, assim como à fertilidade e maternidade, e diversos templos foram erguidos em sua homenagem.

O gato é um animal muito sensível à energia do ambiente e daqueles que o cercam. Quem já não presenciou seu gato olhando para o nada, totalmente imerso? Isso se deve ao fato de que ele vê coisas que não vemos. Assim como os cães são nossos guardiões no mundo físico, os gatos são nossos protetores no mundo energético. Durante o tempo em que passa acordado, o gato vai limpando a sua casa das energias intrusas. Enquanto dorme, ele filtra e transmuta esta energia.

Nossos problemas e nosso stress diário são absorvidos por nosso gato; assim, quando a situação pesa demais e o espaço está muito carregado, não raro o gato adoece. Além disso, é bom ficar atento à forma como os gatos reagem a visitas. Muitas vezes eles estão tentando protegê-lo de um campo áurico negativo ou pesado.

Se você não tem um gato, e um gatinho de rua aparece em sua vida, é porque você precisa de um gato em um momento particular. Este gatinho está se propondo a ajudar você. Se você não pode acolhê-lo, é importante que você encontre um lar para ele. Ele chegou até você por alguma razão que você pode não compreender a nível físico, mas você pode descobrir através dos sonhos e outras conexões com o mundo astral. Gatos emanam amor. Do ponto de vista energético, pessoas que têm alergia a gatos muitas vezes são pessoas que têm dificuldade de deixar o amor entrar em suas vidas.


Compromisso para toda vida

Antes de adotar ou comprar um gatinho, lembre-se que conviver com um animal deve ser um compromisso para toda vida. Animais domésticos desenvolvem laços profundos de amor e amizade com as pessoas com as quais convivem; infelizmente muitas pessoas retribuem a esses sentimentos com abandono, descartando-os como se fossem simples objetos. Seja porque o animal está idoso ou doente; porque o novo parceiro tem “alergia” ou não gosta de bichos; ou simplesmente porque não quer mais cuidar. Um gato vive em média de 8 a15 anos; é bom ter isso em mente quando você ver um lindo e peludo filhotinho e seu coração balançar. Gatos dão trabalho e despesas, e embora as recompensas que eles nos oferecem sejam infinitamente superiores a esses contratempos, se você não estiver preparado financeira ou emocionalmente para criar esse vínculo é melhor resistir à tentação.

Há também outra alternativa para quem quer conviver com um gatinho por um período menor: você pode candidatar-se em programas de casa de passagem para entidades que trabalham com resgates de animais. Assim, você estará cuidando de um gatinho por um tempo determinado, até a entidade encontrar um lar definitivo para ele.

Um ato de amor

Caso você decida que é o momento de deixar um felino entrar em sua vida, não se esqueça de propiciar um ambiente agradável e boas condições de saúde e higiene. Os animais devem ser vacinados e castrados para evitar doenças e reprodução indiscriminada. Gatos com acesso a rua têm um tempo de vida consideravelmente reduzido, pois estão sujeitos a atropelamentos, brigas com outros animais e todo tipo de maldade humana. O ideal é a criação do gato dentro de casa (é um mito que os gatos precisam explorar grandes territórios), até porque quanto mais próximo seu gatinho viver de você, mais forte será o vínculo afetivo que vocês desenvolverão. Se você tem pátio, pode criar um recanto protegido por telas e com muros altos, evitando a fuga. Para quem mora em apartamento, independente do andar, é imperativo telar as janelas para que os felinos, em sua constante busca por aventura, não caiam e venham a se machucar gravemente ou mesmo perder a vida.

O ambiente interno deve ser estimulante, propiciando conforto, caixinha de areia e um bom arranhador para o gato afiar suas garras. O item mais importante, entretanto, é uma dose generosa de afeição e carinho, que será retribuída em uma porção absurdamente gigantesca de ronrons e amor incondicional.

Enfim…

Se ter um gatinho é bom, ter mais de um é melhor ainda! A interação e as brincadeiras entre eles, assim como as demonstrações de afeto, divertem a casa e aquecem a alma. O gato não vai julgar você pela sua aparência, por suas conquistas ou posição social – ele ama quem você é em essência. Ele ministra lições diárias se você souber observá-lo. Sua personalidade, suas reações, sua forma de seduzir e conseguir o que deseja são ensinamentos à disposição de qualquer um que deseje desfrutar da privilegiada convivência com um felino.

…………

Leia também a Parte 1. Clique aqui.
Crédito das imagens: fofurasfelinas http://www.flickr.com/photos/fofurasfelinas/

Anúncios

2 comentários sobre “Deixe um Felino entrar em sua Vida – Parte 2

  1. bahh… interessantíssimo essa questão do gato e o mundo astral, e é exatamente isso, pq vivenciei essa questão de uma pessoa estar com tanta raiva de mim que no outro dia meu belo gato persa que eu amava morreu de uma forma tão triste que até hoje quando lembro choro, parecia mesmo que ele queria tirar todo aquele mal que estavam me desejando naquele momento… realmente é impressionante!

    1. Nossa, lamento demais… por isso sempre peço ajuda a meu protetores, para que não deixem que as energias negativas eventualmente direcionadas a mim recaiam sobre meus gatos, afinal de contas eu não quero que sirvam de escudo para minha vida… Um forte abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s