Novas aquisições – 2

Depois da decepcionante e tosca impressão do Original Rider Waite, comprei a Caixa comemorativa da Pamela Colman Smith já meio ressabiada… Qual não foi minha surpresa quando descobri que o baralho é maravilhoso! Amei demais! Tem os tons originais envelhecidos, sem aquele amarelo saturado das edições tradicionais, mas ainda assim a impressão é bacana, conservando a suavidade dos traços – ao contrário do Original Rider Waite, onde ons tons são lindos mas o preto satura as lâminas, a impressão dos traços é grosseria, perdendo muito nos detalhes.

Além do baralho, o kit comemorativo é composto do livro “The Pictorial Key to the Tarot”, em uma versão ótima de ler e consultar; um outro livro chamado “The Artwork & Times of Pamela Colman Smith” – com um apanhado do trabalho da artista; uma tabelinha com spreads para jogos, 6 cartões postais de obras diversas, incluindo meu Arcano favorito, a Imperatriz; e mais três reproduções de outras obras; tudo isso embalado em uma caixinha caprichada.

Em resumo, super recomendo! Edição para curtir, usar e guardar!

Whishlist e o Tarot dos Sonhos!

Hoje tive uma instigante conversa com o Leo Chioda a respeito de baralhos de Tarot. Perguntei se ele conhecia algum deck que fizesse um mix entre a simbologia tradicional dos Arcanos Maiores conforme representados no Tarot de Marselha e os Arcanos Menores ilustrados como os de Rider Waite. Para minha surpresa, ele também não conhece nenhum Tarot com essas características, e compartilha comigo o forte desejo de trabalhar com um baralho assim – a ponto de (como eu) sentir vontade de criar um deck que atenda a essa expectativa.

Sendo assim, o supra sumo da Wishlist em termos de Tarot para mim, ou ainda não existe ou eu desconheço.

Explico porque não considero o Tarot de Rider Waite perfeito: O primeiro e mortal erro é inverter a posição dos Arcanos VIII e XI, para fazer o Tarot se adequar a uma outra doutrina que não a própria. Em segundo lugar, o Arcano VI, os Enamorados, é representado por um casal e não por um homem entre duas mulheres. Isso altera bastante o conteúdo da carta. Além disso, o Imperador aparece sem o escudo, a Morte não tem a foice, o Sol só tem uma criança e não tem as gotas no céu, e o Julgamento não tem o sol atrás do anjo. São simbologias importantes que foram modificadas.  Apesar disso, é um excelente e revolucionário tarot, o primeiro a trazer Arcanos Menores com situações figurativas. Muitos, a maioria dos Tarots que tem hoje em dia que não são totalmente deturpados ou viajandões seguem o proposto por este Tarot.

Tenho alguns Tarots que mesclam algumas cartas dos Maiores a la Marselha com outros a la Rider Waite e/ou invencionismos próprios. Nesse quesito, o Medieval Scapini Tarot é quase perfeito. Aponto aqui o que o prejudica:

– O Mago não traz uma das mãos em direção ao alto – em vez disso, as duas apontam para a mesa;
– O Imperador não traz o escudo
– Os Enamorados traz um casal em vez de um homem e duas mulheres

No mais, o Arcano VIII e XI não estão invertidos e o restante da simbologia é bastante semelhante ao de Marselha nos Maiores. Quanto aos Menores, quase a metade dos Arcanos difere do Rider Waite nas situações representadas. Entretanto, tirando algumas poucas lâminas em que o simbolismo é retratado de uma forma inadequada em maior ou menor grau, as outras ilustrações traduzem um significado bastante semelhante ao Rider Waite e condizente com o sentido original das cartas. O Morgan Greer, outro Tarot que utilizo bastante, difere do Rider Waite em vários Arcanos Maiores mas os menores são praticamente iguais.

Além de tudo o Scapini é um Tarot lindo… Ficaria bastante frustrada com um Tarot com a simbologia perfeita mas com uma estética que não me inspirasse.

O que confunde e desperta necessidade do “tarot perfeito” é que uma coisa é o estudo da simbologia dos Arcanos do Tarot, outra coisa é quando você vê uma imagem durante o jogo que não corresponde ao conteúdo arquetípico original. O que fazer? Usar a memória ou a imagem que está ali, na sua frente?

Bom, enquanto o Tarot perfeito não é publicado, segue a lista de Tarots que estão na minha wishlist não utópica:

********************


TAROCCHI  DEI  GATTI  PAGANI
Autore/Author: Magdelina Messina, Arte di Lola Airaghi
Lançado em 2010, tem gatos e a arte é linda!  Também completo, com 78 cartas

LE TAROT DU CHAT
Designer(s), Artist(s): Carole Sédillot, Claude Trapet
Tem gatos, 78 cartas e é francês! Existem vários Tarots felinos, mas grande parte retratando apenas os Arcanos Maiores.


THE ALCHEMICAL TAROT (Art Edition)
Designer(s), Artist(s): Robert Place
Indicado pelo Leo Chioda. Adorei!

ORIGINAL RIDER-WAITE TAROT SET
Designer(s), Artist(s): Arthur Edward Waite, Pamela Colman Smith
O original.

Meus Tarots

Adoro Tarots e coleciono decks há bastante tempo. Nem todos eu utilizo em jogos – alguns deles comprei só pela arte das lâminas, outros simplesmente refletiam certas fases e períodos de minha vida.

Enfim, eis aqui a relação dos Tarots e outros baralhos que possuo:

Alguns de meus Tarots e Baralhos

Tarots:

Outros Baralhos:

  • Cartas Xamânicas
  • Baralho Cigano
  • Mantegna Tarot
  • O Oráculo da Deusa